SÃO PEDRO/ PMFS: Público em Humildes queria dançar: atrações os satisfizeram

SÃO PEDRO/ PMFS: Público em Humildes queria dançar: atrações os satisfizeram

O forró a Gonzaga e o eletrizado, mais o romantismo do arrocha foram o som que animaram quem foi à última noite do São Pedro de Humildes, neste domingo, 1º de julho. E dançaram até as primeiras horas da manhã desta segunda-feira, 2.

O cantor Márcio Leite, com a sua mistura de ritmos, abriu a noite de festa. Em seguida, a banda soteropolitana Menina Faceira subiu ao palco, com uma disposição à altura da festa, preparou o público para o que viria.

A praça lotada dançou e cantou muito com Chambinho do Acordeom, que cantou os clássicos do forró de raiz e muitas outras canções que estão no inconsciente coletivo dos nordestinos – especialmente dos sertanejos.

O cantor e compositor Waldonys, outro gonzaguista puro sangue, prestou homenagem ao rei do baião e apresentou músicas do repertório próprio. Em Humildes encerrou sua turnê junina.

Depois dos forrozeiros, o palco foi ocupado pelo grupo local que transpira romantismo. E, como vem acontecendo há algum tempo, colocou o publico para dançar a conhecida coreografia do ritmo.

Naldinho e Leo Rios foi acompanhado pela multidão, que reservou alguma energia para gastar na apresentação final. E não apenas dançou, como acompanhou os cantores em alto e bom som em praticamente todas as canções. A manhã chegou com todos cansados. Mas felizes.

Fonte: Municípios em Foco

Culturais Notícias