Procuradores reúnem agendas que contrariam versão de Lula em ação

Procuradores reúnem agendas que contrariam versão de Lula em ação

lula_depoimento
Procuradores da Lava Jato protocolaram documentos no processo sobre o apartamento tríplex de Guarujá que contradizem declaração de Lula em se depoimento a Sérgio Moro.
No interrogatório, o petista disse que desconhecia ilegalidades na estatal e afirmou que um presidente da República “não tem reunião específica com diretor” da Petrobras, mencionando duas exceções durante seu governo.
O Ministério Público Federal, porém, anexou no processo agendas que mostram ao menos 23 reuniões e viagens a Lula com diretores da estatal em seus dois mandatos. Os documentos foram fornecidos pela própria Petrobras, que é assistente da acusação no processo.
Além dos réus da Lava Jato, também aparecem compromissos de Lula com outros ex-diretores da estatal, como Graça Foster e Guilherme Estrella. Então ministra, a ex-presidente Dilma Rousseff também é listada em agendas como participante.
Folha de S. Paulo
Informação Notícias