PMFS: Plano de Desenvolvimento Econômico deverá ficar pronto em seis meses, informa Sudene

PMFS: Plano de Desenvolvimento Econômico deverá ficar pronto em seis meses, informa Sudene

Deverá estar pronto em um prazo de seis meses o Plano de Desenvolvimento Econômico de Feira de Santana. O município está sendo contemplado com o projeto pela Sudene – Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste. Nesta segunda-feira, o presidente em exercício do órgão, Antonio Ribeiro, esteve reunido com o prefeito Colbert Martins e com o secretário Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antonio Carlos Borges Júnior, para informa-los das ações relacionadas ao Plano, que também conta com participação do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), agência líder da rede global de desenvolvimento da ONU.
Ribeiro, que esteve acompanhado de sua assessoria, disse aos representantes do Governo presentes ao encontro que os estudos estão sendo acelerados a partir da contratação, pela Sudene, através de chamamento público, da empresa de consultoria  Ernst Young. “Trabalhamos com a ideia de apresentar o Plano, finalizado, em um prazo de 180 dias”, estimou.
Segundo o superintendente em exercício da Sudene, em breve vai ser iniciada uma das mais importantes etapas de elaboração do plano, com a realização das oficinas setoriais. Será o momento da apresentação e discussão de propostas e análise segmentada das diversas vertentes da economia local.
A previsão de conclusão dos trabalhos para o fim do ano foi bem recebida pelo prefeito Colbert Martins, que fez algumas ponderações acerca de temas que a administração municipal considera importantes nos estudos para elaboração do Plano. Ele lembrou da vocação da economia de Feira de Santana nas áreas de comércio e serviços, especialmente relativos a educação e saúde, além da indústria.
O prefeito chamou a atenção da Ernst Young  para o fato de que a cidade é importante entroncamento rodoviário, um dos maiores do país. E recomendou que seja analisado, ao longo dos estudos em torno do Plano, o potencial do lago de Pedra do Cavalo, localizado próximo de Feira e que pode proporcionar “boas alternativas”.
Plataforma foi apresentada ao Feira Empreende
Atendendo a sugestão do prefeito Colbert Martins Filho, a plataforma de atuação da Ernst Young também foi apresentada a representantes do Feira Empreende, grupo que reúne representantes da Câmara dos Diretores Lojistas (CDL), a Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana (ACEFS), e o Sindicato das Indústrias de Confecções de Feira de Santana (SINCONFS).
O secretário Antônio Carlos Borges Júnior diz que a receptividade foi positiva por parte dos representantes das instituições de fomento econômico, em reunião realizada na tarde desta segunda-feira. “Ficou definido que serão realizados outros encontros para coletas de informações, com o objetivo de criar um banco de dados para futuras análises”.
Fonte: Municípios em Foco
Cidades Notícias