Ineficiência administrativa, conclui Sílvio Humberto sobre fardamento escolar

Após denúncias de que diversas escolas municipais de Salvador não forneceram o uniforme dos estudantes, o vereador Sílvio Humberto (PSB) criticou a falta de ação da Secretaria Municipal de Educação (Smed) para solucionar rapidamente o problema que se arrasta desde o início do ano letivo.

“A ineficiência administrativa impacta também no orçamento doméstico das famílias. O fardamento escolar é uma segunda pele para a juventude negra e periférica, uma proteção para a criançada das áreas conflagradas pela violência diária, não se pode esperar a morosidade da Smed.”, afirma o socialista.

Algumas escolas tentaram instituir um padrão, exigindo bermuda jeans, de acordo com a mãe de uma aluna do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) 1º de Maio, na Cidade Baixa, em entrevista à TV Bahia. “Para muitas dessas famílias o que está em jogo é a sobrevivência em tempos de desemprego elevado. Imagine ter que escolher entre a alimentação e o fardamento?”, questiona Sílvio Humberto.

 

Subúrbio News

 

Informação Notícias