Deputado Zé Neto participa de inauguração da Associação de Fanfarras e Bandas da Bahia (AFAB), em Salvador

Deputado Zé Neto participa de inauguração da Associação de Fanfarras e Bandas da Bahia (AFAB), em Salvador

O Deputado Estadual Zé Neto (PT), líder de governo na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), participou na manhã do último sábado (19), no Pelourinho, Centro Histórico de Salvador (CHS), da inauguração da Associação de Fanfarras e Bandas da Bahia (AFAB/BA). A ação foi uma iniciativa do Mandato do deputado estadual Zé Neto (PT), em parceria com o diretor do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC), João Carlos de Oliveira, Maurício Matias, diretor do Centro Antigo de Salvador, e da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (CONDER) que, através do Governo do Estado da Bahia cedeu o espaço para ações afirmativas de arte e educação da AFAB.
A instituição é presidida por Adriana Aparecida e sua vice-presidente, Raimunda Santana, e tem como objetivo reunir diretores das mais diversas fanfarras sediadas na Bahia para construção de projetos e formação de jovens na música. “O movimento de Fanfarras da Bahia dá um passo importantíssimo na ocupação do espaço cultural no Pelourinho, centro da resistência político e cultural do nosso estado em toda a sua história e certamente nós vamos ter, cada dia mais, uma organização mais consistente para esse movimento que cresce na Bahia”, afirmou o deputado.
O imóvel, localizado na Rua Gregório de Matos, nº 26 A passou por uma reforma de seis meses, com início em 2017 e sua inauguração contou com a presença de representantes da Secretaria de Cultura, Superintendência de Políticas para a Educação Básica, da Secretaria de Educação, além de representantes das fanfarras afiliadas à AFAB.
“A importância de se repensar o Centro Histórico com outra dinâmica voltada para a cultura de permanência e resistência das filarmônicas diante das dificuldades de sua infraestrutura para se manter na Bahia como um todo foi de grande valia para a concretização deste espaço de fanfarras. Ter este espaço de encontro para a gente poder discutir estas políticas de manutenção destas filarmônicas é fundamental”, finalizou o diretor João Carlos de Oliveira.
Fonte: Municípios em Foco
Notícias Política