Comunidade do George Américo apresenta propostas para o SUAS

Comunidade do George Américo apresenta propostas para o SUAS

redimensiona

Moradores do bairro George Américo apresentaram propostas a serem levadas para a Conferência Municipal de Assistência Social, que será realizada em Feira de Santana no período de 19 a 21 de julho. As reinvindicações foram discutidas na tarde desta terça-feira, 30, durante a Pré-Conferência do CRAS desta comunidade, integrante do Território II, e seguem quatro eixos temáticos voltados para o Sistema Único de Assistência Social (SUAS).
Cada eixo temático vai levar cinco propostas para a Conferência Municipal, sendo três municipais, um estadual e um federal. Dentre os eixos apresentados estão “A proteção social não contribuitiva e o princípio da equidade como paradigma para a gestão dos direitos sócio assistenciais”, “Gestão democrática e controle social: o lugar da sociedade civil no SUAS”, “Acesso às seguranças sócio assistenciais e articulação entre os serviços, benefícios e transferência de renda como garantia de direitos sócio assistenciais” e, por fim, “A legislação como instrumento para uma gestão de compromissos e corresponsabilidade dos entes federativos para garantia dos direitos sócio assistenciais”.


Este ano a Conferência de Assistência Social 2017 tem como tema central “Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS”. E justamente para garantir estes direitos é que os organizadores estão mobilizando toda a comunidade usuária dos serviços de assistência social na cidade.
O evento foi abrilhantado com a presença do vereador Cadmiel Pereira (PSC) autor da  Lei de nº 3.684 que dispõe sobre o Sistema Único de Assistência Social do Municipal (SUAS), um conjunto de ações de iniciativa pública e da sociedade, voltado a promover o atendimento às necessidades básicas e garantir os direitos dos cidadãos.


Cadmiel fez questão de ressaltar que Feira de Santana é um dos primeiros municípios do Brasil a estabelecer a sua lei própria do Sistema Único da Assistência Social. “É um avanço para todos os equipamentos da política de assistência, que são o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Centro de Atendimento para População em Situação de Rua, entre outros. A Conferência é de grande importançia para a democratização da assistençia social em nosso municipio”, ressaltou o vereador.
A coordenadora da Pré-Conferência do CRAS do George Américo, Marta Mascarenhas Santos da Silva, explica a importância das discussões do tema este ano visando a manutenção de direitos adquiridos ao longo de anos. “A conferência está sendo preparada para que a comunidade e a sociedade civil venha propor melhorias e avaliar propostas este ano”.


O evento contou também com a participação de: Priscila Carla e Drielle (Assistente Social), Viviane Carvalho (Pedagoga), Ieda Almeida (Assistente Social), Daiane Ornelas (Psicóloga), teve o apoio também para ministrar os eixos Ivanete Rios Assistente Social (CRAS St.° Antônio), Tatiane Santos (CRAS Mangabeira), Cibele (CRAS Aviário), CRAS Lagoa Grande Elisângela (Psicóloga), Ivânia Santos e Marleide Sena (Assistente Social), cerca de mais de cem pessoas comunidade se inscreveram nas atividades de todo o dia e quem compareceu, interagiu; neste momento de extrema importância para a garantia de direitos e fortalecimento do SUAS, essas ações conscientizam a população sobre como agir e o que se precisa fazer, para garantir as poucas melhorias oferecidas para Eles pelo governo em âmbitos legislativos e executivos.
Fonte: Correio Feirense

Informação