Começa testagem para novo coronavírus nas escolas estaduais de Itabuna e Ilhéus

Começa testagem para novo coronavírus nas escolas estaduais de Itabuna e Ilhéus

A testagem para o novo coronavírus nas escolas estaduais dos municípios de Itabuna e Ilhéus, no sul da Bahia, começou nesta segunda-feira (10), com funcionários e professores. A partir de terça-feira (11), o procedimento segue com os estudantes, a partir de um cronograma organizado em cada escola e com o agrupamento em ordem alfabética, com o objetivo de evitar aglomeração.

Em Ilhéus, serão testadas 12.327 pessoas, sendo 11.370 estudantes, 661 professores e 296 funcionários de 18 escolas, incluindo quatro unidades indígenas. Já em Itabuna, a testagem ocorrerá em 14 unidades escolares, contemplando 12.011 pessoas, sendo 11.224 estudantes, 580 professores e 207 funcionários. O atendimento nas escolas dos dois municípios segue até 21 de agosto, das 8h às 17h. A iniciativa já foi realizada em Itajuípe, Ipiaú e Uruçuca e, atualmente, também está sendo executada em Jequié, até o dia 14 de agosto.O secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, destaca a abrangência da iniciativa. “Estas testagem fazem parte de um conjunto de ações que está sendo desenvolvido pelo Governo do Estado, no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus na Bahia. Estes dados serão analisados por universidades estaduais para termos uma base científica na tomada de decisão sobre a retomada do ano letivo, que é bom lembrar não tem ainda uma data definida”.Jerônimo Rodrigues acrescenta que a iniciativa possibilita ainda “uma maior segurança para as famílias dos estudantes, professores e funcionários, dentro de um trabalho que tem todo o acompanhamento e a parceria das prefeituras dos municípios onde as testagens estão acontecendo”.

Ação preventiva

O professor Othon Dantas, do Colégio Estadual Félix Mendonça, localizado em Itabuna, já foi atendido na unidade onde leciona. “Esta testagem visa assegurar melhor a segurança de todos nós e do nosso ambiente de trabalho, para que possamos nos sentir participantes da atividade. Quanto mais testagens realizadas, maior a segurança”.Para a professora Lucileide Sertório, do Centro Estadual de Educação Profissional (Ceep) Nelson Schaun, localizado em Ilhéus, a testagem é essencial. “Entendemos que esta ação é muito importante para sabermos se é possível ou não o retorno das atividades presenciais com a segurança para todos”.Quem também já fez o teste foi Jane Rezende, que trabalha como assistente administrativa no Colégio Estadual Estado do Ceará, em Ilhéus. “Achei excelente esta iniciativa, porque toda ação preventiva é muito importante. Devemos tomar os cuidados, fazer o teste para poder ter uma ideia do que realmente está acontecendo”.

Medidas de segurança

Para o atendimento, todas as unidades escolares foram preparadas com a higienização do local e disponibilização de álcool em gel e pias com sabão para a lavagem das mãos, além da exigência do uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Os professores e demais pessoas a serem testadas devem utilizar máscaras de proteção para o acesso aos locais. Ao entrar, todos são direcionados para a higienização correta das mãos.

Fonte: Ascom/Secretaria da Educação do Estado

Notícias