Bahia vence o Coritiba em estreia na Série A

Bahia vence o Coritiba em estreia na Série A

Na noite desta quarta-feira (12), o Esquadrão venceu o Coritiba por 1×0, no estádio de Pituaçu, e largou bem na Série A, no Campeonato Brasileiro.

Em um jogo de dois tempos distintos, Rodriguinho, em uma bela cavadinha na cobrança de pênalti, marcou o único gol da partida. O resultado quebrou um jejum de 35 anos do Bahia sem vencer o Coritiba pelo Campeonato Brasileiro e garantiu um pouco mais de tranquilidade ao técnico Roger Machado na sequência da temporada.

O jogo

Pressionado por parte da torcida por conta das atuações ruins do Bahia nos jogos recentes, Roger Machado decidiu mexer no time. O treinador sacou da equipe titular peças consideradas referências no elenco: o zagueiro Lucas Fonseca e o atacante Fernandão. Ernando e Daniel ganharam as vagas.

Com isso, Roger mudou o esquema e escalou o tricolor sem um centroavante como referência no comando de ataque. No novo sistema, o Bahia se apresentou mais solto, trabalhando as jogadas no meio-campo em passes rápidos entre Daniel, Élber e Rodriguinho, e pressionando a saída de bola. O que faltava mesmo era calibrar o pé para aproveitar as oportunidades.

O primeiro a desperdiçar a chance foi Flávio. No contra-ataque, o volante ficou de cara com Wilson para finalizar, mas decidiu fazer o passe e a defesa do Coritiba cortou o lance.

Minutos depois foi a vez de Élber receber passe em velocidade, entrar na área e, na hora de chutar, bateu fraquinho e facilitou a vida de Wilson.

O Coritiba até tentou assustar o Bahia em chute forte de Robson que explodiu no travessão de Douglas, mas foi só isso. Mesmo com mais posse de bola, o alviverde não conseguia se encontrar no jogo e dava espaços ao Bahia. E foi nas brechas deixadas pelo Coxa que o Esquadrão chegou ao gol.

Aos 39 minutos o Bahia puxou contra-ataque e Rodriguinho recebeu na área. O camisa 10 deu um corte no marcador já ajeitando para a perna direita quando foi derrubado por Sassá. Pênalti que o próprio Rodriguinho mandou uma cavadinha com estilo, marcou um golaço e abriu o placar em Pituaçu.

Antes do fim do primeiro tempo, o mesmo Rodriguinho quase ampliou em cobrança de falta.

Pressão do Coritiba
A segunda etapa começou com a mesma tônica: o Bahia entregava a bola ao Coritiba enquanto buscava explorar as jogadas em velocidade com Élber e Nino Paraíba.

Só que, aos poucos, o adversário foi mudando de postura. Marcando com linhas altas, o Coxa passou a incomodar a saída de bola do tricolor e a criar oportunidades no campo de ataque.

Robson voltou a experimentar de fora da área e levou perigo. Depois foi a vez de Sabino aproveitar o escanteio e mandar de cabeça. A bola bateu na trave e se perdeu na linha de fundo.

O Bahia se viu em apuros outra vez aos 16 minutos, quando Sassá recebeu na grande área, girou sobre o marcador e finalizou. Douglas teve que se esticar todo para fazer a defesa.

Para tentar recolocar o Bahia no jogo, Roger tirou Rossi e colocou Saldanha no jogo, dando ao time um jogador com mais presença de área, porém sem perder movimentação. Mas a equipe continuou com dificuldades para passar pela defesa do Coritiba.

Só aos 26 minutos o Bahia voltou a aparecer na frente, em um chute de Daniel que passou perto da trave de Wilson. O tricolor seguiu se segurando na defesa, porém não conseguia aproveitar as chances criadas no ataque. Aos 38, Saldanha foi lançado e saiu de cara com o goleiro. Finalizou muito mal, torto, para fora.

No fim das contas, o Bahia assegurou a primeira vitória no Brasileirão. O próximo desafio será no domingo (16), quando receberá o Red Bull Bragantino, novamente em Pituaçu, pela terceira rodada.

Fonte: Correio 

Destaques Esportes Notícias