A Secretária de Educação de Camaçari, Neurilene Martins dialogou sobre a importância de uma ação educativa com os supervisores do segmento de Educação Infantil

A Secretária de Educação de Camaçari, Neurilene Martins dialogou sobre a importância de uma ação educativa com os supervisores do segmento de Educação Infantil

Em reunião com os supervisores dos segmentos de educação infantil, anos iniciais e finais, a Secretária de Educação Neurilene Martins dialogou sobre a importância de uma ação educativa planejada e estruturada que articulam metas, objetivos, fundamentos e estratégias que considerem o contexto escolar, o ambiente educacional e os sujeitos envolvidos no processo ensino e aprendizagem. Nesta mesma reunião foi relatado sobre o projeto educativo da infância que tem como eixos estruturantes o brincar e a interação.
Nesta perspectiva, depois da entrega dos kits escolar agora Secretaria de Educação, mais uma vez, honra com seu compromisso em assegurar e promover ações que valorizam e viabilizam o trabalho pedagógico de sua Rede, reconhecendo a importância do brincar, da brincadeira e do brinquedo como estratégias essenciais para o trabalho docente, entregando nos Centros de Educação infantil cerca de onze mil brinquedos entre bonecas, bonecos, fantoches, jogos, carros com peças para montar etc. Essa ação fortalece a garantia do direito do brincar nas escolas de educação infantil.
“A chegada desses brinquedos nos CIEI’s, ajudará a ação pedagógica do professor, pois, a brincadeira é a principal forma de expressão da infância! Nela a criança aprende a viver e a produzir cultura, explorando o mundo e ampliando sua percepção sobre ele. Organiza seus pensamentos, toma iniciativas e desenvolve sua sensibilidade. O brincar, a brincadeira e o brinquedo favorecem possibilidades de interação entre os pares numa situação imaginária em que as crianças podem levantar hipóteses e resolver problemas, bem como, pensar e sentir sobre seu mundo e o mundo que o cerca”, relata a Supervisora da Educação Infantil, Girlene Crelick.

Fonte: Seduc_Camaçari

Cidades Notícias